Maquiagem para trabalhos duros :)

Eu sei que só eu e a Lori estamos on line nesse feriado hehehehe, mas vou postar mesmo assim 🙂

Estou aqui na produção das Mostras, a gente chega em cedo e vai embora bem tarde, no calor de São Mateus. Ou seja, nada de cara de princesa, isso nós já sabemos. Mas eu fui me ligando que algumas dicas podem mudar tudo, e agora vou dividir com voces:

1. ESQUECE O PRETO

A gente tem uma manha tão boba de basear todo o make nos produtos pretos. Rimel, lápis, delineador, sombra…. Imagina tudo isso depois de horas de trabalho e suor? Esquece tudo que for preto, não vai dar certo, confia em mim.

DICA: Dessa lista a única coisa que realmente nao dá pra viver sem é o rímel. Aí fica simples: rímel a prova d’água sempre bomba nessas horas! O que eu to usando foi o que a Dyna (valeu Dyna) me deu, Flex WP da Lancome:

.

2. CORRETIVO AMIGO

Tenta trabalhar 3 dias num evento sem corretivo, tenta. Fomos na farmacia esses dias em busca de acabar com nossas olheiras e a Tati comprou um corretivo da Vult, que segundo ela tem nota seis. Eu uso um pouquinho pouquinho do meu meu da L’oreal de manhã, de tarde e de noite, exclusivamente na olheira pra não melecar tudo.

.

3. SEM MELECA

Nessa vibe, tudo que vc passa na pele vai virando uma melaca eca eca. Por isso, se der pra evitar a base, arrasa. Até mesmo o pó que, teoricamente, dá uma secada, vira meleca depois de um tempo.  Eu sou fã total de blot, mas nem ele!  Curto essa onda de pele limpa porque rola de lavar o rosto a hora que quiser, e reaplicar o corretivo.

.

4. BLUSH SALVADOR

Sem base nem o pó, amiga, e ai? O truque é o blush, passado no ossinho do rosto e principalmente nas temporas. Sempre que a gente usa blush aqui vira outra mulher.

DICA: Sem parar um minuto, já dá uma coradinha. Eu cometi o erro no primeiro dia de trazer um blush avermelhado, ou seja, nossa cara ficou mega vermelha! Agora já saquei e venho com bronzedor, no meu caso um mineral com um brilho lindo dourado, da MAC.

.

E voces, tem dicas boas para essas situações? Vou reformular a pergunta: e vc Lori, tem alguma dica? hihihihih

bjos pra todo mundo que tiver aí!!

Anúncios

7 Comentários on “Maquiagem para trabalhos duros :)”

  1. paulamaria disse:

    Menine!
    Eu tô aqui, das poucas que não viajou no feriadasso.
    Concordo em não usar base/pó, até porque ficar sem lavar o rosto nem rola. Corretivo eu não vivo sem, minhas olheiras jamais permitem! E blush eu não tenho nenhum bronze ainda, mas tenho um meio laranja escuro – o peach da Payot – que me ajuda bastante!

    beijos!

  2. Liliana disse:

    Feriado , que feriado ?? Aqui so tem 8 por ano , e eu trabalho em todos , exceto no Natal. Conte comigo aqui ate no reveillon , hehehe. Olha , tem um produtinho da benefit que e’ babado para quem quer abandonar a base , po e tudo mais que meleca. E’ uma especie de base transparente.E’ uma cera que deixa a pele meio aveludada. E’ otimo! So nao sei como funciona em pele muito oleosa nesse calor do Brasil , mas minha pele e’ mista e funciona bem.Pode ate dar uma melecada de leve , mas como e’ transparente , vale a tentativa.Aqui o’:
    http://www.benefitcosmetics.com/gp/product/B000FBLTIQ/sr=1-1/qid=1252306167/ref=sr_1_1/176-4006371-5485443?ie=UTF8&n=164989011&bcBrand=core

  3. Alyne disse:

    Bom, pra quem não consegue abandonar completamente o lápis no olho, sugiro passar um marrom em vez de preto. Fica muito mais natural e discreto, perfeito para o dia. Sem contar que se escorrer não te deixa com cara de louca. Uso o da Payot e recomendo. Bjs

  4. Letícia Mostaro disse:

    usar antes um hidratante que segure a oleosidade é sempre bom, porque se vc não conseguir ficar sem base, ele vai segurar um tempo, e se você não quiser a dupla base pó… ele dá uma melhora na aparência geral da pele, pele hidratada é sempre mias bonita.
    outra coisa que eu acho que a gnete deve prestar atenção é nos produtos que usa no verão e no inverno, porque não devem ser os mesmos, na maioria dos casos, primeiro porque no verão a gente pega uma corzinha mesmo que não queira. E também pela textura, então vale apostar no bom senso e se for o caso de morar numa “sucursal do inferno” vale mais apostar em marcas nacionais ou em produtos específicos de marcas importadas do que sair com a “cara derretendo” e botando banca que só usa make importada!

  5. Lori disse:

    Que decepção Ju!Eu fui a pessoa mais offline do mundo nesse feriado,fui pra Sampa e me perdi numa cidade feita pra fazer compras.Que ótimo post,vou contribuir:sem rímel não dá pra ficar msmo,acabei me rendendo ao mais novo lançamento da Lancôme,o oscillation,ele vibra,faz cosquinha e dura que é uma blz.Particularmente não fico sem base e como minha pele é bem oleosa, o lencinho removedor de oleosidade da natura n sai da minha bolsa.O blush mara que uso,o Silvana da Nars,tb serve como iluminador, é ó-te-mo.
    ps:O esmalte CUT arrasou em Sampa,numa cidade cinza,esmalte cor de nuvem é tudo!

  6. Gheyza disse:

    Houve um equívoco a Carolina Ribeiro não fez as fotos no nordeste como comenta o blog, e sim, no NORTE na cidade de Belém onde a Top nasceu ok, beijos


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s