Desejo do momento – mil saias longas

Caí de cabeça nos anos 70 e não estou pensando em sair daqui não!!! E queria inclusive que meu guarda-roupas inteiro fosse feito apenas de saias longas. Só saias longas e nada mais. Pra usar elas como saias, como vestidos, com a cintura bem alta e uma blusa curta mostrando um pedacinho da barriga (pra cima do umbigo, que fica mais fino), pra usar bem baixinhas e com braceletes, com cintos, pra usar com salto, com tênis, descalça rs, pra usar de dia só com uma regatinha branca, pra usar de noite com muito brilho, pra usar com batom vermelho, com turbante, com chapéu, e principalmente: pra usar andando de bike 🙂 !!

Quero uma preta reta, uma bege esvoaçante, uma verde turqueza plissada, uma cinza de moletom, uma de oncinha, uma listrada, uma de lurex, uma de veludo, e 7 floridas, ok?

Não tenho visto muitas pra comprar, vcs tem visto? A minha foi um vestido de brechó que eu mesmo cortei e costurei (ou seja, agora tenho uma saia e um colete). Tô quase comprando uns tecidos e mandando fazer. O que vcs acham?

Vamos ver um montão de imagens pra inspirar.


.

Dá-lhe fluidez!


Formada na elegância

Essa cliente vip eu não podia deixar de homenagear, minha leitora desde os primórdios! Parabéns pela formatura Lívia, sábado a gente quebra tudo 🙂

20110908-081014.jpg20110908-081033.jpg20110908-081314.jpg20110908-081724.jpg

20110908-081926.jpg


Quem não ama t-shirts!?

Está nascendo uma nova marca de camisetas, e eu já estou me cortando pra ver as peças prontas, porque eu sei que foram feitas cheias de amor e boas referências!! Vem aí a novíssima Madame T-shirt!!! Entra no blog deles pra ver os detalhes da nova marca que vai fazer sua cabeça 😉

.

A Fefê Simor é a cabeça por trás da marca, e dessa cabecinha muita coisa legal tá saindo. As camisas tem modelos modernos, os tecidos são finos e as estampas, bom…!! Entre elas estarão 5 desenhos criados por essa coisinha magrela que vós fala! Ái que alegria! Taí uma coisa que eu seeempre quis fazer, e agora tá saindo do forno!! Tô tão feliz! Logo que tiver mais infos, mando pra vocês.quer ver só um pedacinho, só pra dar curiosidade? Siiimmmmm:

É isso, por enquanto, fiquem aqui com um dos primeiros posts do blog da marca, pra ir entrando no clima 🙂

Obrigada pelo convite Fefe, meninas, vcs não perdem por esperar!!

.

.

.


CUT no Supermercado!!

Demorou mas aconteceu essa parceiria! ❤

Acontece semana que vem, sexta, sábado e domingo, o Supermercado da Moda, e sabe quem vai estar lá??

.

Salão CUT CLUB

Já imaginou um salão itinerante de ideias? Assim é o CUT CLUB, montado só para ocasiões especiais, cheínho de boas referências e boas ideias. Comandado pela multi task artist Juliana Dadalto, o salão recebe aqueles clientes que buscam um corte de cabelo mais ligado na sua personalidade, aquele make diferente pra já sair arrasando, ou quem sabe até aprender a fazer sozinho!

E, dessa vez, o Salão CUT CLUB vem com uma novidade quentíssima. Um enorme garage sale, um bazar só de objetos pessoais: roupas e sapatos, acessórios, muitos makes, elementos de decoração, quadros, posters, livros e revistas importadas, cds, dvds, vinis…, ou seja: pechinchas e achados de super bom gosto! E tudo bem bem, beeeem baratinho. Inclusive, essa questão do valor vai ser um tapa pra você, quer apostar?

Seguindo esse clima, o salão vai disponoibilizar um espaço pra todo mundo anunciar produtos que queiram vender, dar ou trocar. Não deixe de participar você também!

Vem colocar mais graça nessa cabeça, por dentro, por fora, pelos lados, pelo guarda-roupas e pela casa toda!!! 😉

.

.

.

.

Espero vocês no meu salão pra gente cortar cabelo e tricotar!! 🙂


Amy we will always love U

Meio atrasado, mas fala pra mim quem, QUEM, que ultimamente mais mudou a cara do make, quem mais marcou seu penteado na lista dos clássicos, quem exagerou e foi reconhecida como criativa? Foi ela, a enorme e iluminada alma de Amy Winehouse. Essa galeria é pra gente sempre lembrar dela com muito amor, e pra, ouvindo esse som que eu amo cantar gritando – fazendo vergonha – se inspirar e sair por aí homenageando a muda mor do bafon. Amy, eu não sou o macho CUT mas I love you!!!

.


Unha da semana – passada

.

20110520-052749.jpg


Bicicleta HOJE! Por um mundo melhor :)

Vocês sabem que eu tô nessa pilha agora né? Vejo diferença na minha disposição, na saúde, no corpo, em aproveitar mais os percursos, tudo é mais lindo de bicicleta, garanto que você vai sentir a diferença… mas falta fazer essa diferença no mundo! Por isso existe esse evento da Bicicletada, pra que todos vejam o movimento forte acontecendo e se liguem de compartilhar a rua com as bikes! Vamos participar gente, 19h eu tô lá hoje, na UFES!

(E digo mais, sempre vejo meninas e meninos lindos andando de bicicleta, vamos bem bonitinhos nesse evento? Fazer a bicicleta bem fashion rsrs)

Texto oficial do evento:

A Bicicletada é um movimento no Brasil inspirado na Massa Crítica, onde ciclistas se juntam para reivindicar seu espaço nas ruas.

Não existe um objetivo central, mas diversos objetivos sempre decididos pelos participantes. No entanto um mote em geral une os participantes. A Bicicletada serve para divulgar a bicicleta como um meio de transporte, criar condições favoráveis para o uso deste veículo e tornar mais ecológicos e sustentáveis os sistemas de transporte de pessoas, principalmente no meio urbano.

A Bicicletada, assim como a Massa Crítica, não tem líderes ou estatutos, o que leva a variações de postura e comportamento de acordo com os participantes de cada localidade ou evento.

Dentre a pluralidade de motes, está o lema “um carro a menos”, usado principalmente para tentar obter um maior respeito dos veículos motorizados que trafegam nas ruas saturadas das grandes cidades. Outro slogan levantado é o “Nós somos o trânsito”. A idéia é deixar claro aos motoristas que a bicicleta é apenas mais um componente da mobilidade urbana e que merece o devido respeito.

.

.

Até lá!


Neon no SPFW

O make da Neon, sempre inspirador e super usável! (alguém ainda tem problemas com batom preto??)

.

E uma dica: pra passar delineador: pincel! Muito mais simples, e o efeito é muito mais profissa! Pode ser o chanfrado ou esse da foto, o importante é ter a pontinha super fininha:

.

Se vc reparar bem, tem um cílio só no cantinho, tão simples de fazer e o efeito natural e incrível! Lembra desse post? Olhaí como fazer  🙂


Dois pequenos dramas barrocos

Da falta

I. Quando dei por mim havia esse anjo nada torto, era contrito e de falsa esquerda. Pagava mensalidades às mentiras e chamava-se: Desamor.

Acabou com minhas pernas, elas pesavam itinerários que não traçavam nas noites, nem nas tardes nem em quaisquer dias. Alargava-me na cintura, era minha boca em forma de não, os vincos na testa onde pensamentos lúgubres se escondiam. E mulher que anda em companhia deste anjo, vira motivo de chacota. Que o mundo ainda tem a pachorra de fazer ganir cachorro quase moribundo.  Eu gemo: de tristeza. Ouço Paloma Negra e penso por que não eu? Por que não eu? Brigo com Eros mesmo sabendo que ele deixou de existir há tempos. Mas antes me mandou esse anjo de cor morena, tez adocicada como sua voz, não suporta barulhos, fala baixo, se esconde denso entre minhas roupas, parece estar pregado no espelho em que me olho antes da festa, por isso menos festa, menos rua, menos alegria. O anjo nada torto o tempo todo é o único que não me troca pelas novas moças dos sabonetes Araxá. Fiel o Desamor, te deixa o bastante para esperar o próximo Dia dos Namorados, quando ele volta a te esfregar na cara os sorrisos dos casais deitados nas gramas dos parques.
E ainda te sacaneia, atirando a seus pés rapazes: tolos, casados, parvos, desonestos, que suam nas mãos, que dançam engraçado demais. Desamor esconde todos os homens que prestam, na casa, no quarto e nas escrituras em posse das outras damas, essas que nasceram com a sorte do acalanto na voz, com a sabedoria de serem meigas, magras e melhores.

.

.

Do excesso

II. Da próxima vez que ouvir qualquer ser, falar que tal dama é triste por falta de homem (e nessas horas os malfadados proferem logo o nome do órgão por extenso, quase com divisão silábica, pena que é geralmente a palavra monossílaba que usam) da próxima vez eu lembrarei de algumas possibilidades que podem ser causadas pelo excesso de homem. Mesmo que seja o de um só. Essa coisa que pode ser reticente e jogada no sofá da sala, que pode ser apreensão, somente por isso. Ou da coisa que é um telefone que não liga, nunca. Ou somente toca quando já é tarde demais para que até lembremos de seu nome por extenso.

E os pescoços de alguns homens? Devem ser os mecanismos com maior mobilidade na Terra, elásticos ao olhar para o lado. E os ciúmes deles a respeito de suas mulheres, exigem-se desse ciúme uma medida tênue, que em excesso atormenta e quando não existe preocupa.

E para piorar tudo são os que nos vêm com camisetas largas e calcinhas de algodão frouxo, e nem sempre somos Audrey Hepburn em Bonequinha de Luxo, linda de camisa de homem branca. Tudo bem, eles nem sempre são George Peppard. Tudo bem? Não, nada disso. Mesmo exibindo suave (eu não tenho nada contra, juro) pancinha falam em academia com toda cientificidade para suas peguetes, namoradas e esposas, gratas por algum tempo entre o trabalho e o jantar.

Acham que ser bem-sucedido é o que nós queremos em demasia. Ou desejam ser amásios. Eu espero sorridente o meio termo. E tantos têm a virtude da falta de assunto, da falta da cantada certa. Coisa que deveria ser mole_ a palavra, é dura. Coisa que deveria ser dura_ é mole.

Portanto quando perceberem naquela chefa, taxista, diretora da escola, dona do bar, policial, advogada e outras mais em quaisquer cargos, mesmo que donas de casa (ó que vida difícil), quando por acaso nelas existir esse detalhe que há milênios apavora a humanidade, o mau humor feminino, podem pensar em tampas de vaso levantada, em toalha molhada em cima da cama ou coisa que o valha, aproveitem o ensejo e exclamem: isso deve ser excesso de homem.

.

Mara Coradello


Fashion Rio, inverno 2011

Passada o quê, uma semana, nem sei… 2, 3 semanas? Não sei, sei que só fui parar de segunda pra hoje pra ver o Fashion Rio, no momento que algumas tardias revistas impressas já estavam falando sobre, as imagem ja viraram fundo de campanhas e banners, minha irmã sabia de coisas, ou seja, todo mundo sabia, menos eu. Eu adoro ver desfile, cansa pra caramba porque eu quero ver tudo, e na internet é difícil achar um site perfeito. Esse ano eu preferi o FFW tinha tudo que eu queria de forma simples.

Problema 1: Ver desfile de inverno em pleno verão pocante, é claustrofóbico. Solução: dá uma esperança em pegar um frio desses, nem que seja em uma viagem inesperada como disse no biscoito da sorte kkk.

Problema: Quase todo mundo desfila o que eu queria vestir hoje, e não daqui 6 meses. Solução: Mais criatividade Brasil! Esse ano nada me inspirou. Ou quase nada. Por exemplo: teve alguma marca que não fez vestidão transparente com maio grandão por baixo?

.

Mas na batalha pela boa imagem, aqui em baixo o que eu mais curti:

Alessa eu achei muuuuito divertida e um make ultra gastado nos detalhes, achei demais. Esse brinco me lembrou essa obra da Yoko, a obra que o John se apaixonou por ela, diz ele.

.

Filhas de Gaia impecável mesmo de se ver de pertinho, mostrou lá todo o chic que eu queria ser quando eu quizesse ser chic.

.

Teca pelos cabelos – os melhores.

e os colares, que eu queria muuuuito ter tido essa ideia!! Arrasou muito.

E o Lucas Nascimento, claro, o maaais incrível, criativo, jovem, o melhor make, as melhores cores de batom. As peças dele vão bombar em todos os ensaios desse ano, esse sim inspirou.

Detalhe só pro “blush de verão” da Coca Cola, a gente tinha acabado de ler sobre, gente, eu to ligada, to ligadíssima, pode ler o CUT confiando! rs.

.

Agora as coisas que realmente tem lugar aqui no guarda roupa:

Bortinha de ballet da New Order, arrasou!!

.

Quero muito achar uma malha beeem fininha e leve, pra usar por baixo de outras coisas: (uma preta, uma bege de renda ou uma rosinha, please rs)

Todo inverno eu vejo desfile e quero usar sapato alto com meia no joelho ou soquete fina, mas nunca rola…

.

Quero mais nada não, é só isso mesmo…

.