2011 e o calendário astrológico

> Pra ler ouvindo <

Em 2011 você vai se surpreender apaixonado. E cheio de vontade de fazer acontecer. Um romance, um gatinho ou cachorrinho sem lar que você olha no olho e sabe que é seu, um tempero, uma ideia totalmente nova, uma ideia totalmente (re)bandnew (o/), um segundo único, só teve aquele igual sobre a terra.

Eu acho que dá pra dividir pelos que acreditam e os que não acreditam. Eu não acredito muito não, mas acredito com toda força. Acho que ser cético é só desculpa pra ficar sentado criticando (esperando). Não quero ser desse grupo em 2011. Porque eu também espero muito as vezes.

Bom, do que tem a ver tudo isso?  Tem mais que maquiagem passando pela minha face rs. Eu tô apaixonada por 2011, e por tudo que um ano novo novíssimo pode trazer.

Se apaixonar é ir. É dar o primeiro passo. É acreditar em você, no plano, no sonho, e ir pra frente. Uns vão, outros são a platéia criticando no sofá, rodeados de tudo o que são: amigos (?) iguais, energia ruim, a tal da nuvem negra. – Longe de nós que eles estejam em 2011! – Quero é estar colada com os que vão, esses sim, estão por aí, rindo, sinceros, cheios de histórias de vida pra contar, colorindo onde passam e fazendo o universo brilhar 0,00000109% a mais. Já me parece coisa pra caralho a dar com pau.

Ainda é tempo de desejar feliz 2011? Já que o meu não está mais freneticamente urgente, aí vai: amigos, que o nosso 2011 seja como nas previsões: um ano cheio de surpresas, inovações, coragem, conquistas, descobertas e bons relacionamentos. E re-começos.

Parece que os astros vão estar alinhados como na virada dos anos 60. Aconteceu mesmo pouca coisa importante dos anos 60pros70. E pensa comigo: 11 anos depois do novo milênio, com maturidade pra olhar pra traz e ver tudo que foi essa nova era; com moral de olhar pra frente e decidir uma nova forma de viver. São gigantes milhões de micro e fundamentais revoluções que estão rolando, eu quero mais é fazer parte disso tudo, eu e meu batom verde. Né por nada não, tô apaixonada por 2011.

Desculpem o momento  místico, me exaltei, é que esse ano é tão novo pra mim, cheio de revisões e re-começos, enormes possibilidades, a pessoa fica pensativa mesmo.

Escrito por: Ju, Lori, Susan Miller e Fê Paschoal, com muito uso de incenso e flauta andina. Revisão geral: Fábio Mozine.


Que destaque na Estética, heim gatinha…

Foi uma surpresa e um prestígio de it-coco ser indicada entre tantas pica-grossas pro reconhecido prêmio da Gazeta. Poxa Gazeta, valeu por sempre estar de olho, que bom, nós estamos sempre aprontando por aí, que legal quando notam… A votação vai só até amanhã, quarta, dia 15, então se você ainda não votou, vote na gatinha dourada aqui, no ideal CUT CLUB como um todo e principalmente na força da internet como destaque do ano na estética, só pra abrir 2011 com gás renovado, que esse sim, eu garantho, vai ser no nosso ano 🙂

LINK pra votar aqui!

.

Não deixe de clicar aqui e votar também na categoria artista do ano, que o Mozine tá concorrendo, e vocês sabem o tanto que eu adoro meu migucho, e o verão tá chegando e eu queria muito um boné da Laja pra jogar frescobol na praia… Repara que a gente é tão nascido para a amizade que até na foto a gente saiu lado a lado… é o amôôôr….


Batom vermelho

– clica nos links que vai fazer mais sentido, ou não –

Maquiagem parece vício as vezes pra mim. Estou notando que se desenvolveu um TOC já: não saio de casa sem no mínimo corretivo, rímel e blush. Digo no mínimo porque passo eles pra ir à praia. Em cima do filtro, e todos os produtos que são de praia. Antes de ir dormir, mais mil etapas, as de antes de ir dormir. Será que isso tudo tem sentido? Eu me pergunto também. Tava em Salvador ontem, me apaixonei na cidade, da energia das pessoas nem falo, só ouço. Tava de batom vermelho. Falei aqui em baixo que ganhei os produtos e tô querendo testar todos eles pra fazer post. Não que eu não fosse curtir isso por si só, mas agora não saio mais sem o Lady Danger. Tava meio wou demais pro ambiente, mas eu fico tranquila com isso. Vai me dizer que ninguém tem seu lado só um tiquinho cafona? Quando eu penso em testar produtos é isso. E usar batom vermelho já é como uma pesquisa social pra mim, o “batom vermelho e as situações”. Sempre disse que no seu dia de pior humor, passa batom vermelho de manhã pra ir trabalhar, eu garanto e comprovo que muito menos pessoas puxarão papo com você logo de cara. As pessoas te olham de outro jeito mesmo, por isso que muita menina não tem coragem de usar. Mas falemos sobre coragem rs. Não é tudo uma grande brincadeira? Porque tem que ser tão sério? Enfim, vocês sabem, eu acho assim, e só o que nos cabe mesmo é o teste e o novo teste. Eu defendo o batom vermelho, e até o azul, não é pela cor nem pelo batom.

Uma moça lindíssima, a Suzana, que a gente conheceu no ônibus pro Pelourinho, foi tudo por causa do batom vermelho. E a conversa sobre como as vezes a gente vai devagarzinho esquecendo da gente, e como isso é uma ladeira abaixo. Um dia que a gente fica com “preguiça”, uma semana, depois tudo é motivo, essas coisas que todas as meninas já sabem, é o caminho da depressão. Do meu vício com corretivo-rimel-blush, sei lá, acho que ainda tô bem. Não vou nem chamar de vício, vou chamar de esporte. Das categorias aos básicas às mais complexas, e divertidas.

Lembro muito quando eu descobri a maquiagem no dia a dia, foi um shinninghappyday rs, conta direitinho nesse post, do Dia de Beaute, que eu sou muito fã. Fui entrando nesse mundo toda tímida, e fui descobrindo tantos pequenos prazeres que faziam tão grandes diferenças… Acho que é mesmo o lance dos pequenos prazeres… É muito legal ver o curso rolando porque as meninas tem uma injeção rápida disso, de descobrir elas mesmas, como eu mesma já passei e continuo passando, todo mundo né. É lindo de se ver, eu sempre vou achar isso lindo. A gente menina tem, pelo menos nessa configuração social rs, uma chance muito maior de se contruir e re-construir, e colorir, e voltar atrás e passar nude, de colocar a bochecha no lugar, de apagar aqui ou alí, enfim…. fazer isso direito – ou melhor, tirar o máximo proveito disso, é um direito feminino.

.

Lady Danger* no sol (ou no por-do-sol do farol) – Aprovado.

.

(*Lady Danger, R$ 69,00 logo alí na MAC do Shopping Vitória – já pensou? É logo mais!)

Próximos produtos e links com sentido múltiplos, se tudo correr tão surpreendentemente bem, em breve.


29Bienal

Mais posts da viagem da @laurapaste. Dessa vez na Bienal! Não para não Laurinha, nós aqui vemos pelos seus olhos 🙂


Re-dica de Brechó em SP

Essa veio fresquinha, acabou de chegar no meu e-mail, e deve ter sido enviada há minutos. Ah, essas novas gerações… rsrs

A Lili já tinha feito um link sobre esse brechó, teeeeeempos atrás, vocês lembram? O B.Luxo. Acessa aqui. Eu conheço lá, tenho algumas roupinhas, acho a seleção incrível, mas é como a Laurinha, a autora do post pela primeira vez (que orgulho!!), falou: tudo incrivel, mas pra achados baratinhos não é lá um Brechó de Sto Antônio… rsrs

.

Enviado do I-phone de uma amiga rs.


Punk é chic

Mania de dar presente… rs. A de hoje é tattoo, quem curte? 😀

E é com a @lajarex (irk):

.
Quem não conhece essa história, meio muito merda, meio cômica, o documentário sobre o acidente dos meninos na europa vai ser lançado sexta agora (24), às 20h, na Ufes (Metropolis). TEM que ir. E, na cola do CUT CLUB, vai ainda com muito mais glamour. Isso porque o Moz, como carinhosamente eu chamo meu querido amigo, me ligou e disse: querida Ju, gosto tanto do seu site, quero presentear seus lindos leitores e chamosas leitoras. E a gente adora presente, né?

Então é o seguinte:

Punk é Chic! É só seguir o @BBBinEurope e dar RT com a hashtag e você já tá concorrendo a tattoo e ao CD do filme!

RT @BBBinEurope R$100,00 pra tatuar todo meu bom gosto, lembrar de não pedir ideias para o @lajarex #punkchic

ou RT @BBBinEurope 14% dos piolhos do mundo moram em coquetal, 7% no próprio @lajarex #punkchic

ou RT @BBBinEurope Eu já ví o @lajarex sem ele estar bêbado, mas estar em coma conta como sóbrio? #punkchic

Ou seja: Primeiro segue o @BBBinEurope no twitter, depois tuita qualquer mensagem defamando o @lajarex, é só usar a hashtag #punkchic que você já está concorrendo. Vai ser sorte, não a melhor frase, ok? Qualquer coisa defamando o Mozine ia ser tão engraçada pra mim que ia ser difícil escolher…

O sorteio rola na sexta mesmo, e depois eu quero ver foto do bom gosto rs

Pra saber tudo, entra no blog: http://bbbineurope.wordpress.com/

Entrada FRANCA, coquetelzinho chic e cecê garantidos!