Quem não ama t-shirts!?

Está nascendo uma nova marca de camisetas, e eu já estou me cortando pra ver as peças prontas, porque eu sei que foram feitas cheias de amor e boas referências!! Vem aí a novíssima Madame T-shirt!!! Entra no blog deles pra ver os detalhes da nova marca que vai fazer sua cabeça 😉

.

A Fefê Simor é a cabeça por trás da marca, e dessa cabecinha muita coisa legal tá saindo. As camisas tem modelos modernos, os tecidos são finos e as estampas, bom…!! Entre elas estarão 5 desenhos criados por essa coisinha magrela que vós fala! Ái que alegria! Taí uma coisa que eu seeempre quis fazer, e agora tá saindo do forno!! Tô tão feliz! Logo que tiver mais infos, mando pra vocês.quer ver só um pedacinho, só pra dar curiosidade? Siiimmmmm:

É isso, por enquanto, fiquem aqui com um dos primeiros posts do blog da marca, pra ir entrando no clima 🙂

Obrigada pelo convite Fefe, meninas, vcs não perdem por esperar!!

.

.

.


A noite do Chupacabras

Quem já tá curioso?

20110627-081951.jpg

20110627-081956.jpg

20110627-082001.jpg

20110627-082007.jpg

20110627-082012.jpg

20110627-082018.jpg

20110627-082022.jpg


Paz e amor

20110603-030923.jpg

20110603-030931.jpg


Andando por aí com o graffiti

O graffiti é arte na rua. É uma chamada para os olhos famintos de cor. Quando tudo é cinza, o tempo, a chuva,os prédios, o graffiti vem pra mostrar colorido. Pode ser preto tb. A melhor parte do graffiti é a liberdade , eu que não to por aí graffitando posso falar das andanças, porque observo as paredes. Talvez melhor até que as galerias e museus.

Mais sobre graffiti em New York aqui http://unurth.com/filter/NYC

Subway Graffiti http://subwayartblog.com/

Esse cara,é pura contravenção,é Jim Joe http://subwayartblog.com/2010/07/02/this-is-jim-joe/

Vitória tem caras incríveis graffitando tb, quem é intimo reconhece pelo traço. O @ficore é sensacional,cresci observando os traços dele por Jardim Camburi (BCL crew), o @fredonefone já levou o graffiti para as galerias e o Fagundes é um cara que admiro muito também por ensinar o que sabe para os jovens da cidade no CRJ.

.

E agora, a multitask artist Juliana (ela mesma,desse blog aqui) juntou-se com outro artista do carrr**** ,o Rodo Rock , no Coletivo Banana Gêmea pra deixar Vitória mais pulsante. Fica esperta/esperto, olha p. cima e pra frente,não deixa passar essa arte espalhada pela cidade. Tamo junto!

@followlori para a seção Cut Art INspiration

.

Só complementando o post da Lo que eu amei (a Lo é cheia de mult task surprises), o Coletivo tem tb o multi gêmeo Marcão e a fotógrafa task Dorinha, pura brincadeira, mas queremos continuar a pintar. Aqui em Vitória tem ainda o Somal, o Portelo, o Gentil, o Filipe Borba, a Nina, tem tanta gente e coisa divertida, é só abrir o olho pelas ruas!! 🙂


TV CUT

 

vem,traz o amor.


CUT CLUB no Reino dos bigodes, pro @cnx_BeautyArt !

Mais um post do celular pra dizer que enfim mexi e coloquei no Flickr o penúltimo ensaio pro Conexão BeautyArt, o prêmio já é dia 4 agora e pelo menos só fica faltando 1 pra ei finalizar agora rs. As fotos estão lindas e eu tenho um carinho especial por esse ensaio, confesso.

Olha aqui algumas fotos, todas estão no Flickr!

20110321-075005.jpg

20110321-075015.jpg

20110321-075028.jpg

20110321-075034.jpg

Idéia:
Formas, cores, texturas… Os bigodes, em todas as suas variedades, estão presente em todas as culturas do mundo, ligados a diversos e divertidos folclores. Unidas por esse elemento comum, mentes criativas traduzem a loucura em manifestações artítiscas e filosóficas. Grandes representantes, como Dalí, Einstein, e até o Coronel Mostarda do jogo Detetive, elevaram os pêlos da face ao status de acessório inusitado, reflexo de humor e estilo de vida.

Ficha Técnica:
Make e ilustrações: Juliana Dadalto
Fotografia: Estúdio Happy
Paper Art: Estúdio Happy
Modelo: João Bonna
Produção: Lorena Regattieri
pós produção: Juliana Dadalto


Contos horríveis

É tão legal brincar com essa galera rsrs. Tem um monte de gente nesse momento – e eu estarei lá mais a noite – na gravação do próximo grande sucesso da TV Quase: os Contos Horríveis. Um dos cenários, o shopping de inconveniencias:

.

Um pedaço da minha cartela de cores:

.

Os rascunhos:

.

Os testes nas gatas:

.

Hoje a noite, mais brincadeira 🙂

 

.

ps. algumas referências: