Holi sagrado

Se países já mudam entre sí, pense continentes, hemisférios… Toda vez que penso na Índia, além de não saber o que pensar – sei que só vendo – penso no Holi. O primeiro grande festival hindu do ano, a famosa Festa das Cores chega junto com a primavera deles, entre fevereiro e março, e acontece por todo país. Dizem que é uma tradicição que nasceu séculos antes de cristo, e suas origens se misturam com muitas lendas, mas todas a respeito de espalhar alegria. São pós feitos de vários materiais, como flores e pigmentos naturais, que são realmente jogados em todos. Crianças, turistas e indianos se divertem com a tradição. Quem já foi disse que tomar cuidado que a coisa pode passar um pouco do limite em algumas situações (cuidado meninas, estejam acompanhadas), e é importante saber em qual cidade é mais interessante pro que você procura. Bom, as fotos falam por elas mesmas. Pode olhar, o CUT CLUB estou em várias aqui em baixo:

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage


Galaxy Print

Eu quero!


Navajo Fashion

Referências indígenas são comigo mesmo, sejam quais índios forem. E os da vez são os Navajo, originários da América do Norte. Nos Estados Unidos, são a maior área de reserva do país, segundo o wikipédia, desde Grants no Novo México, até o Grand Canyon, no Arizona; de Holbrook, no centro do Arizona até o Rio San Juan, já no Colorado, inclui Monument Valley, parte do Deserto Pintado e parte da Floresta Petrificada, ou seja, só lugar legal. Em 1990 eram 220 mil, vivendo em 6 milhões de hectares.

Ultimamente, o que mais se vê são estampas e bijus com referências Navajo. E eu curti demais.

ImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImageImage


Dolce & Gabbana

Da década de 90, quando estava o mundo passando por um minimalismo extremo, estavam Dolce & Gabbana colocando estampas de zebras e leopardos em todos os lugares. Uma marca que tem no seu DNA aquele tempero italiano que o brasileiro ama, de forma tão elegante e colorida que só mesmo uma dupla que trabalha junto ha mais de 25 anos consegue criar e continuar criando, sempre de forma jovem e moderna.

Sei lá, acordei com vontade de me vestir todinha de Dolce & Gabbana, o que vocês acham dessas opções?


Quer ideias de cores pra sua vida? É comigo mesma:

– Que tal sair por aí em homenagem ao céu do outono?

Image

Image

Image

.

– Não? Você é mais clássica? Vamos brincar de leve então. Que tal tentar evoluir o tracinho de delineador preto com tracinhos em branco? Fica clássico. Em cima, em baixo, vareia*, pode até trocar o P e B por outras cores.

Image

Image

Image

Image

.

– Ainda too much colorful? Vamos tentar só o preto então. Mas não somos qualquer uma, por isso vamor tentar dessa vez fazer um traço diferente, inusitado. Não vamos?

Image

Image

Image

.

– Não? Então azul! Azul não tem erro e tem aquele lance né: vesti azul, minha vida então mudou…

Image

Image

Image

Image

Image

.

– Nada amiga? O que tá acontecendo com vc, vamos conversar? Fica bem, não se preocupa, tudo são fases. Eu quando não tó mt colorida internamente, não finjo isso por fora não. Meto logo um make bem dark e faço o estilo melancolica pra baixo, fica até fashion rs, e pouca gente vai te perturbar com expressões de alegria, eu te agarantcho.

Image

Image

Image

(lembro do post de sombra até lá cima? Viu!)

.

– Final de semana tem q ser colorido. Qualquer cor que seja.


Oscar, elegância pq não?

O Oscar do Black and White, vou falar a verdade, eu fiquei assistindo no sofá (onde a lei da gravidade mais age), num dorme não dorme, e me deu uma elegância interna, uma coisa fina sabe por dentro, uma vontade de ser superior – entendão-me: às nossas pequenezas… apenas.
Se deu bem quem foi de fenda, quem foi de coleção eterna, quem foi de red smiling lips, quem foi tão charmoso em ganhar nessa idade, …, e quem dormiu delicia no sofá antes do fim. Bjos.

I

20120227-125012.jpg

20120227-125038.jpg

20120227-125048.jpg

20120227-125104.jpg

20120227-125116.jpg

20120227-125146.jpg

20120227-125134.jpg

20120227-125158.jpg

20120227-125210.jpg

20120227-125219.jpg

20120227-125233.jpg

20120227-125255.jpg

20120227-125306.jpg

20120227-125316.jpg

20120227-125335.jpg


Turban lovers

Separei as imagens mais lindas de turbantes pra gente usar de inspiração, vamos? Não é muito fácil amarrar mas a prática azeita as coisas. A maioria dá pra fazer com lenços quadrados ou faixas, outros você já compra prontinho, duros, tipo chapéus. Mas a graça é inventar novas formas de amarrar, e dá pra fazer com os seus lenços.

Pensa em cores abertas que complementam com a roupa ou lindas estampas! Dá pra usar estilo bahiana, estilo cazuza, estilo gemêas Olsen, tem muita opção. Eu sempre amarro lenços na cabeça e chamo isso de turbantes rs, e eu uso muito também amarrar o cabelo com um lenço, o cabelo fica bagunçado e eu deixo mesmo bastante volume na amarração, faz sucesso.

Fica a dica!

 

Combina super com o verão que vem aí, com os bikinis e saias longas, e com a liberdade e o amô rs.

😉